Notícia

Egito abre mercado para 10 tipos de sementes do Brasil

13/11/2021 - Fonte:  por estadão conteúdo


O Brasil passará a exportar dez tipos de sementes para o Egito, segundo informações da Secretaria de Comércio e Relações Internacionais do Ministério da Agricultura. São elas: semente de grama bermuda, de berinjela, de melancia, de pepino, de tomate, de pimentão, de pimenta, de abóbora, de milho e de linho.

Estas aberturas foram formalizadas em 25 de outubro com aceite dos protocolos fitossanitários pelos países. Ainda em outubro, o país obteve liberação para comercializar peixes ornamentais e farinha de pescado para a Índia.

No ano, a pasta contabiliza 68 ações de aberturas de mercados, o que significa a possibilidade de comercializar um novo produto por parceiro comercial.

Em setembro, outros oito mercados foram abertos para produtos brasileiros, incluindo bovinos vivos, ovos férteis e pintos de um dia, material genético avícola, farinhas de origem animal, gengibre, produtos para alimentação animal e plasma e hemoglobina bovina em pó. Em agosto, as aberturas envolveram pescado, sementes e material genético.

Em julho, novos mercados foram abertos para sementes de melão, café arábica e coco do Brasil. Em junho, o destaque foi a liberação de carne bovina e material genético bovino para o Iêmen.

Em maio, Senegal e Nicarágua permitiram a importação de maçãs do Brasil e o México liberou a entrada de gergelim brasileiro.

Em abril, as aberturas envolveram bovinos vivos, ovos férteis e mudas de coco. Em março, o País obteve permissão para exportar ovos in natura, material genético animal, frutas e itens de alimentação animal a novos países.

Em fevereiro, o destaque foi a abertura para o setor de proteína animal com liberação para exportar bovinos vivos, material genético bovino e carne suína e derivados ao Camboja. E em janeiro, os destaques foram permissão para exportar carne de ovinos e miúdos bovinos.



© 2013 - GS Notícias

Todos os Direitos Reservados